CALDO DO POEIRA: HOMENAGEM AOS MAIS QUERIDOS



Jamilson Miguel, na porta do Kilamba


O Programa radiofónico Caldo no Poeira, da Rádio Nacional de Angola, homenageou no dia 28 do mês em curso na sua 65ª edição, no centro recreativo e cultural Kilamba, os artistas vencedores das 16 edições do concurso top dos mais queridos, um dos maiores concurso de música, levado à cabo por aquele órgão publico de informação.


Com a casa Mária das Crequenhas, hoje “Kilamba” cheia, como é habitual, e com o objectivo de recordar alguns dos mais queridos do outro tempo, e alusivo a mais um aniversário da R.N.A, comemorado no dia 5 de outubro. A produção do Caldo, trouxe em palco músicos como José Manuel Pedrinho “Pedrito”, vencedor da primeira edição do Top dos Mais Queridos, Zecax, representando os jovens do prenda, Vate Costa, os Kiesos, Proletário, Mamborrô, Jovem Leão, Sabino Henda, Bangão, Mig e como é claro o mais querido de 2007, Matias Damasio.

Com ausência justificada de outros vencedores como é são os casos de Patricia Faria, Moniz de Almeida, Jacinto Tchipa e Euclides da Lomba, os presentes dançaram e cantaram ao recordarem musicas como Milhorrô e Princesa Rita, dos Kiesos, interpretados em grande estilo por Vate Costa, Irmão de Carlos Lamartine e integrante deste conjunto, Senhor Professor de Pedrito, Mamã Massoxi de Proletário ex – integrante do celebre conjunto FAPLA POVO, e outros grandes sucessos.

A rádio Nacional, realiza o concurso Top dos Mais Queridos desde o ano de 1982, como disse ganho por Pedrito, e o Caldo do Poeira está já na sua 65ª, e de recordar o homenageado da edição anterior foi Calabeto o “Kota Bwé” autor de “Ngolo Yame”

Na ocasião Sebastião Lino Director do Canal “A” da R.N.A, pediu aos presentes que batessem palmas de pé ao mais velho Elias Diakimwezo, vencedor do prémio Nacional de Cultura e Arte, na disciplina de Musica. Em gesto de agradecimento Diakimwezo, fez o que ele bem sabe fazer, cantar.

Para alem dos já habituais caldistas militantes, “ Ti Borito, Paixão Júnior, Ti Kitumba, Avozinho dos Taxistas”, o caldo foi também servido a pessoas que estiveram lá pela primeira vez, que prometeram voltar sempre.

Termino assim “ Não há Cultura Sem Vocês!!!”

Publicado por: Adriano de Sousa às 9:54 AM. Matéria encontrada em . Você pode acompanhar quaisquer matéria relacionada ao assunto através do RSS 2.0.